quinta-feira, 17 de abril de 2014

Sentindo_Alguém Especial



Imagem retirada daqui
 
Nos teus olhos vejo o astro-rei
E neles viajo, como sempre viajei,
Rumo à felicidade absoluta que sei
                               sempre lá vou encontrar.

Deixas-me zonza com o teu riso
Descompassada, sem fôlego nem juízo,
E, nessa loucura, percebo o que preciso
                               para o amor voltar.

Com o toque das tuas mãos tremo
Com a carícia dos teus lábios gemo
E, sempre que a tua pele não sinto, temo
                               o meu coração parar.

Acordo e percebo que sonhava
Que não mais abraço aquele que amava…       
Em lágrimas a minha almofada se lava 
                                       até  voltar a sonhar.      

 

Poema original submetido a concurso com o tema "Algo/Alguém especial" - como não ganhei, cá está ele! ;-)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diga lá o que pensa...