quinta-feira, 18 de julho de 2013

Encerrar a Campanha



A minha querida avó São costumava dizer “a Morte vem sempre em 3”.
Não sei qual vai ser o 3º (espero que não seja um conhecido de quem goste muito… p’ra isso já me chega um! :-S), mas o facto é que, depois da decisão do Manuel fechar o seu Na Volta do Tempo, é agora a minha vez de encerrar definitivamente o Comprar Local e Nacional é Reinvestir em Portugal, um blogue nascido duma necessidade absoluta para combatermos a crise económica, social e de soberania (política e alimentar) em que nos encontramos.


Todos fazemos parte de ecossistemas familiares, sociais, económicos, naturais e políticos e, mesmo sem nos darmos conta, todas as nossas aparentemente pequenas atitudes diárias influenciam em muito o futuro do nosso planeta e, consequentemente, o nosso.
No caso desta campanha, a ideia era demonstrar que podemos ser pró-activos e influenciar positivamente a economia e a sociedade ao nível do consumo: deve ser o mais consciente possível e reduzido ao que realmente nos faz falta (se ter uma televisão grande vai ajudar a nossa família a ver filmes que abrem consciências juntos ou recebemos amigos em casa para visionamento de documentários de vez em quando, ‘bora lá comprar uma televisão maior!!! Mas que seja eficiente energeticamente e o mais simples possível para o que precisamos, além de termos atenção ao que vamos fazer com a antiga – dar, trocar, vender ou reciclar), mas também orientado de forma a comprarmos biológico (mais saudável para nós e para a Natureza), local (mais saudável para a comunidade em que nos inserimos e para criarmos laços dentro dela) e justo (não me refiro apenas a Comércio Justo, mas também ao uso de outras formas de pagamento que não o dinheiro, como a troca de produtos/serviços ou o uso de moeda local/social, que nos poderão estar mais acessíveis e, assim, estimular o comércio sem estarmos a fazer parte de um sistema financeiro podre).
Mas este é apenas um passo, uma pequena parte de algo maior, sendo que há tanto mais que podemos fazer para a Transição para um modo de vida mais sustentável a todos os níveis – recursos e energético, comunitário e social, ambiental e político – e, assim, evitarmos o destino do urso polar: a extinção do nosso mundo como o conhecemos e, quiçá, da nossa espécie.

Assim sendo, decidi transferir todo o conteúdo do Comprar Local e Nacional é Reinvestir em Portugal para o Agir pela Sustentabilidade, pois este é um dos passos que podemos e devemos dar para caminhar na direcção certa.
Vou lá publicando tudo aos poucos para, em Outubro, fechar de vez o estaminé (vou fazer o mesmo com o Sentidos, em vez de o deixar no limbo…) e começar um novo ano de blogueira mais focada e centrada no(s) meu(s) Pensamentos.

Mas não julguem que desarmo, pois até já o N. se rendeu ao facto de eu preferir gastar uns cêntimos a mais para comprar algo nacional (até porque poupo noutros sítios) e ir correr capelinhas ao comércio tradicional em vez de fazer as compras todas num local só, seja grande superfície ou centro comercial! Porque COMPRAR LOCAL E NACIONAL É REALMENTE REINVESTIR EM PORTUGAL, NOS PORTUGUESES E NO MUNDO!!!

Arte Sustentável do meu mais velho! ;-)


2 comentários:

  1. Independentemente de onde estiveres a escrever, vou-te sempre acompanhar :) és uma inspiração para mim! **

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada minha querida Mariana! :-)
      E tu inspiras-me a mim, com as tuas pérolas em forma de Flores! ;-)

      Beijinhos e aproveita bem o Verão! :-D

      Eliminar

Diga lá o que pensa...