quinta-feira, 30 de maio de 2013

Usar o poder de modo sábio

Há coisas que me irritam profundamente e saber que magnatas sejam lá do que for se divertem a matar baleias como desporto todos os anos seja sobre que pretexto fôr enerva-me profundamente!!!  Se a única coisa que posso fazer é assinar esta petição, assino-a e partilho-a.

Mas depois reconforto-me com a ideia de que há pessoas famosas e influentes que usam correctamente o seu poder, como já referi aqui.

E lá volto eu ao exemplo do tio Leonardo DiCaprio.
Imagem retirada daqui
O Homem (não o conheço pessoalmente, mas, pelas suas acções, merece, a meu ver, o H maiúsculo), além de ser um actor fenomenal (está lá nos píncaros da minha consideração desde O Homem da Máscara de Ferro, opinião reiterada por vários filmes desde esse), decidiu parar um pouco com os filmes para se dedicar ao ambiente.
"E o que vai ele fazer nesse sentido, além de passarinhar pelo mundo?", perguntam os mais cépticos.
Ora bem, se andar pelo globo a alertar as pessoas para as questões ambientais (e que se cale quem ia dizer que está tudo normal! Ou acham REALMENTE normal nevar em Maio e haver ilhas de plástico maiores que a maioria dos países nos oceanos?!? Sinceramente...) não vos chega, que tal ter arranjado artistas que doassem as suas obras de arte contemporânea e ter conseguido angariar milhões de dólares ao leiloá-las para apoiar causas ambinetalistas através da sua Fundação?

É inspirador ver o trabalho de pessoas "normais", que conseguem inspirar tantas pessoas e, muitas vezes, de modo bem singelo, como a Manuela descreveu aqui, mas não deixo de ficar impressionada com pessoas que, tendo dinheiro e poder (influência, contactos, visibilidade), deitam por terra o célebre "o poder corrompe" ao defender causas globais!
Porque a Terra é só uma e pertence a todos! :-)

Imagem retirada daqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diga lá o que pensa...