terça-feira, 29 de dezembro de 2009

2012

Vi ontem o filme "2012" e adorei!!!
É verdade que gosto de filmes que fazem pensar e, como além disso, tem cenas espectaculares, emocionantes e algumas de lamechice... ADOREI!!!

Estes filmes têm o condão de me fazer pensar como a vida da Humanidade é efémera comparada com a do planeta que habitamos... Parecemos um grão de areia na praia da existência da Terra... E, mesmo este nosso magnífico (mas muito mal-tratado) planeta, não passa de um electrão à volta de um Sol, Sol esse que mais não é que uma das muitas estrelas que compõem esta nossa galáxia, pequena parte deste Universo (e será que existe um "Underverse" como dizia o Necromanger-mor em "As Crónicas de Riddick"?)...

Nestas alturas sinto-me pequenina e sem poder nenhum, sem conhecimentos que me valessem um bilhete ou um mero aviso que fosse; sem capacidade de proteger os meus filhotes e acautelar os meus amigos; sem os conhecimentos necessários para podermos recomeçar do nada caso tivessemos a sorte de sobreviver...

Não me entendam mal, isto não é desânimo, é mais ao menos como o relógio biológico das mulheres que ainda não tiveram filhos: toca e, ou se faz alguma coisa em relação a isso (quanto mais não seja planear!), ou se ignora, põe-se para trás das costas e continua-se a viver a vida com o ruído de fundo.

Continuo a dizer que devíamos explorar o fundo do oceano, construir cidades sub-aqúáticas (apenas ancoradas e não pousadas no leito dos mares - há que evitar os terramotos ao máximo) e, com isso, aprender a viver na maior parte do nosso mundo e que é bastante mais sossegada (maremotos passariam lá em cima, nós só abanávamos um pouco com a força da corrente!!!).
Era espectacular ser convidada para ir (com a família, claro!!) colonizar uma dessas cidades (porque um planeta distante é muito mais improvável!!!)... Claro que a prioridade seria dada a biólogos marinhos e afins, mas acho que dois médicos veterinários com jeito para bricolagem e seus rebentos vivaços dariam um jeitaço... e muita animação!!! ;)
As nossas probabilidades seriam melhores se fosse para colonizar outro planeta porque, como a hipótese de encontrar novas espécies aumentaria grandemente, um médico que trate várias espécies é a escolha óbvia!!!
Isso foi algo que eu sempre questionei na série de ficção científca "Babylon 5": o médico de lá teria só o curso de Medicina ou completou com Medicina Veterinária para poder tratar aquelas espécies todas de extra-terrestres?!?

Enfim, ao jeito da Cidália da "NS": Deus me dê juízo, mas ainda não!!!

P.S.: Se tiverem alguma teoria da conspiração, partilhem-na, porque "a realidade é mais estranha que a ficção"!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diga lá o que pensa...